PREFEITURA DE GUAMARÉ SE PRONUNCIA SOBRE A POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO MUNICÍPIO

MATÉRIA GRATUITA
NOTA DE ESCLARECIMENTO
A sensação de insegurança que vem sendo sentidas por todos os cidadãos é uma realidade em todo o Estado, e não seria exagero dizer em todo o país, a população de Guamaré conta com o empenho do prefeito municipal em manter bem equipada e em ação permanente a guarda municipal, que além de equipamentos e viaturas conta com o monitoramento da entrada e saída da cidade de Guamaré.

Isso não tem sido suficiente aos olhos da onda de violência que ocorre em todo o Estado e país, mas o que cabe ao chefe do executivo tem sido implementado, inclusive estará sendo enviado para Câmara Municipal projeto de lei que se encontra em fase de conclusão para armar a guarda municipal com arma de fogo, isso buscando a exceção a regra que permite somente algumas cidades, esse projeto de lei inclusive será implementado com treinamento de uso de arma de fogo.

Tenta-se com boatos e inverdades supostamente submeter ao prefeito a responsabilidade da policia militar por meio de diárias o suposto risco de um ataque ao sistema bancário, como fosse um aviso ou mesmo uma suposta omissão, contudo, cabe ao Estado sabendo do risco na região reforçar suas ações e proteger o cidadão na parte que lhe cabe, isso sem contar com diárias que foram apontadas como ilegais o seu pagamento pelo município, e até que seja alterado esse entendimento do TCE sobre esses pagamentos o município não realizará essas despesas, e se manterá na trilha da legalidade, acreditando que a polícia militar fará seu papel institucional na medida que as despesas com pagamento de policiais é dever do Estado e ainda mais, deve a polícia e seu comando local fazer seu dever sem contar com receitas do município devido a sua impossibilidade dita pelo Tribunal de Contas.

Determinei ao comando da guarda que redobre a atenção a veículos suspeitos e pessoas em atitude suspeitas na cidade de Guamaré, e ainda, determinarei que seja oficiado ao comando da Polícia Militar que redobre de igual maneira a vigilância quanto a possível ataque ao sistema bancário na cidade Guamaré, contudo, cabe a polícia militar independente de diárias fazer seu dever legal de proteger a cidade, e a região de possíveis ataques ou violência.

Certo de sempre ser parceiro da polícia a atual administração de Guamaré mantém bom relacionamento com seus comandantes no Estado, acredita em seu empenho e dedicação em promover a segurança pública, ressaltando que esse relacionamento não esta condicionado a pagamento de diárias ou outras despesas, isso pode ser afirmado simplesmente pela certeza que a polícia deve cumprir seu papel legal independente de dinheiro do erário de Guamaré.

Ressaltando que qualquer despesa será tratado diretamente com o comando da polícia militar caso seja necessário, e dentro da legalidade, objetivando proteger o cidadão guamareense e em respeito às recomendações do Ministério Público, ao passo que a busca de certos comentários para supostamente relacionar o prefeito de Guamaré a pagamento de policiais a margem da lei não ocorrerá, e faremos de igual modo comunicação ao MP caso ocorra vulnerabilidade da segurança ou omissão que venha colocar em risco a segurança do povo, como também não vamos nos afastar do objetivo de cumprir a lei e as determinações dos órgãos fiscalizadores, meta sempre perseguida pala atual administração, independente de boatos ou insinuações com claro objetivo de tentar extorquir o erário.

Por fim, dentro da legalidade a Prefeitura Municipal de Guamaré, sempre irá manter a parceria com a Polícia Militar.

Hélio Willamy Miranda da Fonseca.
Prefeito Municipal de Guamaré.